Vamos pensar sobre Medicina e Saúde?

Neste momento em que estamos bastante mobilizados sobre questões ligadas à pandemia do Covid-19, eu o convido para refletir sobre o seu entendimento quanto ao tema Saúde. Obviamente, há um âmbito global dos cuidados sanitários através das políticas públicas de Saúde, que direcionam as ações sobre a coletividade.


Porém, desejo concentrar atenção na sua saúde como indivíduo. Se entendermos Medicina como o conjunto de conhecimentos científicos aplicados em práticas e técnicas voltadas para a prevenção, tratamento e reabilitação de doenças, estaremos com o foco na Patogênese. Se entendermos Medicina como promoção da saúde e fortalecimento das qualidades físicas, emocionais e espirituais do indivíduo, estaremos com o foco na Salutogênese.

Ambas dimensões do cuidado são complementares e, por princípio, constituem a base da medicina integrativa, cujo exemplo que pratico é a Medicina Antroposófica aplicada à Psiquiatria.

Algumas características fundamentais desta dinâmica de assistência médica são:


- a proposta de que a pessoa seja estimulada a participar mais ativamente do tratamento (deixando a passividade), a partir de seu momento biográfico e de sua percepção sobre o contexto em que está inserido (família, trabalho, sociedade...);


- a medicação antroposófica (elaborada com princípios ativos extraídos da natureza) pode ser indicada para uso exclusivo ou associado à medicação alopática;


- o conhecimento de que o ser humano é constituído de três dimensões: físico-material, emocional-afetiva (ou psicológica) e individualidade espiritual, ou seja, corpo, alma e espírito. Quando estas dimensões estão bem integradas, a manifestação percebida pelo indivíduo é de bem-estar e saúde.

Assim, se há algum mal-estar ou adoecimento, certamente é necessário observar que houve algum tipo de distúrbio nesta interação corpo-alma-espírito. Para a recuperação da saúde, portanto, não basta o uso de medicação (principalmente alopática, que somente atua no campo físico-material). É necessário estimular a busca pelo autoconhecimento, para que seja possível compreender o significado do adoecimento dentro da própria biografia. Assim, quando associa-se o âmbito anímico (da alma) e espiritual nesta abordagem, cria-se o ambiente propício para o aprendizado e a superação.


Como um tratamento individualizado, é essencial evidenciar esta compreensão que se tem do mundo externo e seus impactos sobre a saúde de cada um de nós. Para tanto, o espaço do atendimento é ambiente apropriado para a reflexão e o pensar livre, a expressão das emoções e sentimentos mais autênticos e o planejamento estratégico das ações de mudança para alcançar as metas propostas. Muitas vezes, as pessoas não têm conseguido ser autênticas em seu meio social, o que gera tensões físicas e psíquicas, irritabilidade, frustrações.

Diante do momento em que vivemos, o mundo globalizado pode parecer inóspito e pouco amigável, sendo desafiador manter a saúde.


Como buscar a Medicina com a qual você se identifica?

Para evitar o estresse, a ansiedade generalizada, o medo excessivo, a depressão, você precisa fazer escolhas conscientes em favor de seu bem-estar e autodesenvolvimento.


Com tantas informações, é preciso ser seletivo e escolher o conhecimento com a qualidade e quantidade adequados para você, evitando a sobrecarga psíquica. Busque temas ligados à espiritualidade e contemple a beleza estética de obras clássicas - “as artes do belo” para fortalecer seus valores e crenças.


Ao cuidar do seu corpo, com alimentação saudável (de preferência orgânica ou biodinâmica e menos industrializada), sono regenerador, atividade física, exposição ao sol de maneira moderada e interação com a natureza; desse modo você estará reforçando a sua vitalidade.


Lembre-se de alinhar seu corpo, alma e espírito, estando plenamente presente, consciente e ativo naquilo que você faz. Isto realmente irá melhorar a sua memória, desempenho e satisfação, expandindo sua capacidade de interação social e afetiva.


Ressalto, portanto, que o seu autocuidado e estilo de vida implicam também na escolha que você fizer do seu caminho preventivo e terapêutico coerente com seus valores e convicções.


Dra. Ana Cristina C. L. Malheiros


Links recomendados:

- Michaela Glöckler: The Corona-Virus and Our Human, Health-Giving Forces (vídeo em português):

https://www.youtube.com/watch?v=8r6KFfy12Ko&feature=youtu.be


- Michaela Glöckler: Corona-Virus und Gesundheitskräfte – Teil 2 (vídeo em português):

https://www.youtube.com/watch?v=ycwXMF2_8PQ&feature=youtu.be


- As Artes do Belo - Episódio 1 - Introdução:

https://www.youtube.com/watch?v=51bceaf-tkc&feature=youtu.be