Buscar

Qual é a sua fantasia para o Carnaval?

Com a chegada do carnaval, vieram à minha mente recordações de várias músicas que traziam uma atmosfera toda especial para esta festa popular tão aguardada em nosso país.


Inúmeras cenas vividas na juventude com familiares e amigos, em que as brincadeiras e a alegria contagiante, marcaram minha história. Piratas, baianas, arlequins, pierrôs e bailarinas saiam do reino da imaginação e adentravam, dançando juntos, os salões e as ruas. Quanta animação e jovialidade!


Dentre tantas memórias surgiu-me então, um questionamento.


Diante das atuais restrições arbitrárias ao comportamento natural das crianças e jovens, expansivo e cheio de boas expectativas, pergunto: O que está sendo vivenciado por eles nesse período tão único em suas vidas? De que irão recordar-se?


Mergulhei em infindáveis comparações entre o passado e o presente em busca de uma resposta sensata. Mas fato é que lembro-me de que as máscaras eram do personagem que se escolhia para pular o carnaval. Hoje, infelizmente tem-se tornado comum vivermos em uma “realidade artificial”, constantemente com a tal “máscara” que foi imposta por alguns que se fantasiaram de benfeitores da humanidade.


Por se submeterem, por longo tempo, a esta persuasiva e prejudicial “narrativa sanitária”, bilhões de pessoas estão separadas por muros invisíveis de insegurança e medo, adoecendo, não só de Covid-19, mas de doenças físicas e psíquicas.


O confinamento prejudica a saúde mental na medida que nos impede de conviver espontaneamente com quem amamos. Justamente quando estamos em momentos tão prazerosos, o sistema endocrinológico do nosso organismo libera o hormônio ocitocina.

Além de ser um regulador natural da pressão arterial e contribuir para a produção de serotonina e dopamina, a ocitocina é um excelente antídoto contra os medos e as fobias sociais, gerando bem-estar e autoconfiança.


Portanto, as “máscaras” precisam cair para reassumirmos os nossos papéis na vida em família e na sociedade. Somente fazendo escolhas conscientes e não massificadas, vamos superar este ponto histórico com grande aprendizado pessoal. Cada um de nós tem grande potencial da evolução da humanidade.


Festeje a vida com saúde e liberdade!


Dra. Ana Cristina C. L. Malheiros


Links recomendados:


- Oxitocina: descubra como age o hormônio dos abraços:

https://amenteemaravilhosa.com.br/oxitocina-hormonio-abracos/


- A questão das máscaras | Jenin Younes, defensora pública na cidade de Nova York:

https://rothbardbrasil.com/a-questao-das-mascaras/


- Do you know who you are? / " Você sabe quem você é?" | David Icke, jornalista britânico:

https://www.youtube.com/watch?v=11H3aF5dPv0&feature=youtu.be&ab_channel=BeBrave




Posts recentes

Ver tudo