Buscar

“Janeiro Branco”e a Saúde Mental

A campanha do “Janeiro Branco” foi uma analogia a folha de papel, marcando o início de nova fase. A proposta surgiu em 2014, por iniciativa de um grupo de psicólogos de Minas Gerais.


O objetivo da campanha é conscientizar acerca dos cuidados relacionados à saúde mental. Incentivando que as pessoas os incluam em seus planos para o ano.


Geralmente, durante o planejamento anual, é dada mais atenção a objetivos ligados à vida profissional, às relações interpessoais, à saúde física.

No entanto, diante do cenário atual, muitos têm vivenciado de modo mais frequente e intenso o estresse, ansiedade, angústia, irritabilidade. Sensações desagradáveis que provavelmente o fizeram perceber como é importante manter a sanidade mental.


A partir desta decisão, de que saúde mental é um valor, imediatamente, nos ocorre a pergunta: mas como cultivar o bem-estar psíquico?


Veja bem, definir metas e direção de vida de acordo com suas convicções e valores é imprescindível. Sem ficar à mercê de modismos ou imposições coletivas.


Entre o sofrimento e a satisfação, o prazer e o desprazer, é preciso aprender a superar os desafios cotidianos, com resiliência e perseverança.


Infelizmente vivemos em uma permanente tensão, entre o mundo externo e o mundo interno.

O mundo externo frequentemente tem invadido o mundo interior, perturbando a paz e a estabilidade tão necessárias para a saúde mental. Desse modo, a ocorrência de frustrações, devido às expectativas pessoais não concretizadas tem sido cada vez mais recorrentes.


Como necessidade existencial, é vital se afastar, temporariamente, do mundo externo e de seus instrumentos de distração, como a tecnologia, as redes sociais.


Quando você se propõe a silenciar o que tem tumultuado o seu viver - sua alma, vai sendo criado um espaço maior no seu mundo interno, gerando calma e serenidade. A meditação é um ótimo caminho, que conduz ao mundo interior, favorece o cultivo do autocuidado, gera condições apropriadas para o autoconhecimento.


Silenciar o mundo de fora, escutar o mundo de dentro para reconhecer suas convicções e valores. O reencontro consigo mesmo propicia autoconfiança, autonomia e sanidade mental.


Marque logo o encontro com a sua alma, se prepare com aquilo que ela ama e tenham uma boa e sincera conversa...


Dra. Ana Cristina C. L. Malheiros


Links recomendados:


- Diálogo entre a Professora e filósofa Lúcia Helena Galvão e o Psiquiatra e palestrante Roberto Shinyashiki sobre a busca da Felicidade:

https://www.youtube.com/watch?v=JGB4zTdegj0&feature=youtu.be&ab_channel=IdealixCursosOnline


- Jornalista espanhol Javier Villamor esclarece sobre valores humanos e identidade pessoal na atualidade:

https://www.youtube.com/watch?v=3szZ19VfnXY&feature=youtu.be&ab_channel=EmbaixadadaResist%C3%AAncia


- Dra. Simone Gold, médica americana, fala sobre o tratamento precoce para Covid-19, os riscos de vacina experimental e Direitos Humanos e Liberdade:

https://www.facebook.com/queroemigrarhoje/videos/1382829015390554/?sfnsn=wiwspmo




Posts recentes

Ver tudo