top of page
Buscar

Despedida de 2022: convite ao despertar de consciência

Ao refletir sobre 2022, observa-se que foi um ano totalmente atípico, complexo e, potencialmente, de muito aprendizado.


O mundo externo permaneceu agitado e isto pode ter contagiado o ambiente em que você vive. A grande maioria das pessoas vivenciou sofrimento, em maior ou menor grau, sendo evidente o aumento da sensação de ansiedade, angústia, tensão e irritabilidade nas relações interpessoais.


Talvez você tenha-se sentido assim....

Porém, frente a um mundo repleto de sofismas e “verdades fluidas”, não é possível ficar na superficialidade e agir em mero pragmatismo ou automatismo.


Ao avaliar este ano, reflita sobre como o mundo afetou seu comportamento, pois 2022 trouxe grandes oportunidades de desenvolvimento da auto-percepção.


Trazendo este convite a você, desejo proporcionar a pausa para esta conversação especial consigo mesmo, em que a sensibilidade e a busca pela própria essência se torna mais instigante do que as notícias da atualidade. Os ruídos do mundo vão cessando, cedendo lugar ao silêncio em que seu Eu poderá falar mais claramente o que lhe é imprescindível neste momento


É neste mergulho progressivo na interioridade, em níveis cada vez mais profundos de si mesmo, que vão surgindo as revelações impossíveis de serem acessadas na correria do cotidiano.


Fazer as perguntas existenciais para si mesmo: “Quem eu sou? Qual é a minha origem? Para onde eu me direciono?” poderá lançar luz sobre seus valores essenciais como ser humano.


Reconheça também quais são seus anseios, habilidades e ideais.


De preferência, tome atitudes após buscar respostas no seu coração, onde habitam as verdades consistentes. Afinal, quando você se torna disponível para esta intimidade consigo mesmo, surge na alma a atmosfera favorável para intuição sobre o melhor caminho a seguir.


Este é o grande poder do despertar da consciência : saber que o novo mundo, no ano novo, somente se tornará uma realidade melhor, se você se propuser a revisar conceitos, transformar sentimentos e mudar de atitude, enfim, se você, sincera e verdadeiramente, renovar o seu mundo interior.


Dra. Ana Cristina C.L. Malheiros



Para nos inspirar:


“V.I.T.R.I.O.L.

Iniciais de uma fórmula célebre entre os alquimistas e que condensava a sua doutrina: “Visita interiorem terrae rectificando invenies operae lapidem”, ou seja, segundo Jean Servier, “ Desce às entranhas da terra, destilando encontrarás a pedra da obra”.

Estas iniciais formaram uma palavra iniciática que expressa a lei de um processo de transformação relacionado ao retorno do ser ao mais íntimo núcleo da pessoa humana...o que significa dizer: “Desce ao mais profundo de ti mesmo e encontrarás o núcleo indivisível, sobre o qual poderás construir uma nova personalidade, um homem novo”.



....É a síntese expressa das operações alquímicas, nos diversos níveis de transformação, considerados, seja no dos metais, seja no do ser humano. No último caso, o símbolo evidentemente tem um alcance mais profundo: trata-se da reconstrução de si próprio a partir dos vários graus de inconsciência, de ignorância e de preconceitos, em direção à irrefragável consciência do ser, o que permite ao homem descobrira presença imanente transformadora de Deus nele.”


Dicionário dos Símbolos, Jean Chevalier


Links recomendados:

- " O limiar do despertar de uma nova consciência" - Edna Andrade - Aconselhadora Biográfica:

https://www.youtube.com/watch?v=GcCP6uDh1go&ab_channel=EcoSocialDesenvolvimentoHumanoeOrganizacional


Feliz e saudável Ano Novo!



Para nos inspirar | Meditação:

Tu, que iluminas o Universo,

ilumina também a mim e

tira a venda dos meus olhos

para que eu veja o Sol verdadeiro.


Está ainda coberto com um véu,

entretanto, em um mar de luz dourada

transluz minha alma.


Agora, concede-me vê-lo

na imagem da claridade

e da verdade pura.


Deixa que reconheça em Sua luz

quais são os meus deveres.

E logo, terminada a viagem,

permite-me chegar ao Lugar Sagrado.


E tu, consolo do Universo,

brinda-me a força

para alcançá-lo em realidade.


E tu, ó Amor Divino,

acolhe-me em teus desígnios

e mantém puro o eterno raio

da minha fiel vontade.


Rudolf Steiner



Links recomendados:

- O Futuro começa agora; as 10 bases para a autotransformação | Professora Lúcia Helena Galvão:

https://www.youtube.com/watch?v=M7qbZjqLQFg&ab_channel=NOVAACR%C3%93POLEBRASIL











Posts recentes

Ver tudo
bottom of page